Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo

Notícias

15/06/2021 - 15h19

Doria anuncia que, até 15 de setembro, todos os moradores do Estado de São Paulo com 18 anos ou mais serão vacinados com a primeira dose

Segundo governador, pessoas com 40 a 59 anos já serão vacinadas em junho, mesmo sem comorbidades.
 
 Diversos setores econômicos, como de transportes coletivos, apostam na vacinação para se recuperar
 
O governador de São Paulo, João Doria, anunciou em coletiva extraordinária neste domingo, 13 de junho de 2021, que até o dia 15 de setembro de 2021, todos os moradores do Estado com 18 anos ou mais estarão ao menos com a primeira dose da vacina contra a covid-19.
Com isso, foi antecipado em 30 dias o calendário de vacinação revelado nas últimas semanas.
Doria disse ainda que neste mês de junho, já devem receber a primeira dose, pessoas com 40 a 59 anos, independentemente de comorbidades ou categoria profissional.
Em torno de 7,5 milhões de pessoas com esta faixa etária no Estado devem ser vacinadas.
O novo público de 40 a 59 anos agrupa quatro grupos previamente definidos. Antes, estavam previstas subdivisões em grupos de cinco anos para cada nova expansão da campanha.
 
Veja os calendários:
 
 
 
A partir da próxima quarta-feira (16), as doses poderão ser aplicadas em qualquer pessoa na faixa de 50 a 59 anos. Pelo cronograma anterior, esta data estava definida para as pessoas com idade entre 55 e 59 anos, e agora o alcance foi expandido.
A partir do dia 23 de junho, São Paulo vai vacinar a população com idade entre 43 e 49 anos. No dia 30 de junho última quarta-feira deste mês, começa a imunização dos que têm entre 40 a 42 anos.
No dia 15 de julho, a campanha será estendida para a população de 35 a 39 anos. Depois, no dia 30 de julho, as pessoas com idade entre 30 e 34 anos também poderão ser vacinadas contra a COVID-19. A partir de 16 de agosto, a vacinação se estende para os adultos mais jovens, com idade entre 25 a 29 anos.
Por fim, a partir de 1º de setembro, todos os adultos a partir de 18 anos poderão iniciar a imunização contra o coronavírus, com término previsto de aplicação da primeira dose para o dia 15 de setembro.
 
EXPECTATIVA
Segundo o Governo do Estado, a ampliação dos públicos-alvo e a projeção do novo calendário se baseiam nas estimativas de entregas do Ministério da Saúde. Com a chegada ao Brasil dos novos imunizantes da Pfizer e da Janssen e mais entregas das vacinas do Butantan e da Fiocruz / Astrazeneca, São Paulo recalculou o cronograma e está intensificando a logística e distribuição dos imunizantes para os 645 municípios.
“Pessoas na faixa etária de 40 a 59 anos que seriam vacinadas apenas no mês de julho agora serão vacinadas em junho. Isso é fruto de trabalho planejamento e logística do sistema de saúde pública de São Paulo. É uma vitória do trabalho e da ciência, de respeito à saúde e à vida e senso de urgência para proteger vidas. A vacina vai vencer o vírus, a saúde vai vencer o negacionismo e nós, aqui em São Paulo, estamos ao lado da ciência, da saúde e da vida”, declarou Doria.
A vacinação tem sido aguarda por diversos setores econômicos, entre os quais, de transportes coletivos, um dos mais afetados pela crise sanitárias.
Diversos segmentos de ônibus, trens e metrô têm registrado queda de demanda de passageiros por causa das restrições à circulação.
 
RITMO DE VACINAÇÃO
Ainda de acordo com o Governo do Estado, o ritmo de vacinação poderá ser quatro vezes mais intenso que o verificado na fase inicial da campanha. Para efeito comparativo, a marca de vacinação de 7,5 milhões de pessoas com a primeira dose das vacinas do Butantan ou Fiocruz foi atingida em 29 de abril, 15 semanas após o início da campanha.
Com as novas remessas, o Governo afirma que será possível vacinar a mesma quantidade de pessoas em cerca de 25% deste tempo. Isso porque o novo cronograma prevê alcançar estes públicos em 28 dias.
 
CONTAGEM REGRESSIVA
A ferramenta vacinaja.sp.gov.br/diadaesperanca/, disponível na plataforma VacinaJá, foi lançada na última semana e traz uma contagem regressiva para imunização de toda população de São Paulo, de acordo com cada faixa etária.
“As datas referentes a cada grupo são calculadas considerando a estimativa de entregas de vacinas do Ministério da Saúde e o início do esquema vacinal, que é composto por duas doses dos imunizantes disponíveis no Brasil”, detalhou o Governo do Estado, em nota.
 
PRÉ-CADASTRO
O pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.com.br) é recomendado para todos os públicos incluídos no calendário de imunização e economiza até 90% no tempo de atendimento nos postos. O formulário pode ser preenchido no site ou via WhatsApp – basta adicionar o número +55 11 95220-2923 à lista de contatos e enviar um “oi” ou clicar no link wa.me/5511952202923?text=oi .
Em nota, o Governo do Estado ressalta que o preenchimento antecipado não é obrigatório, mas facilita o trabalho dos profissionais de saúde e também reduz as chances de aglomeração nos pontos de aplicação das vacinas.
 
SANTO ANDRÉ
Logo após o anúncio do governador João Doria, a Prefeitura de Santo André informou que ampliou a vacinação contra a covid-19 para pessoas com idade acima de 50 anos sem comorbidades. Para se vacinar é necessário realizar agendamento no site psa.santoandre.br/vacinacovid, que indicará data, local e horário disponível.
“Com esta nova faixa etária teremos cerca de 55 mil pessoas imunizadas na nossa cidade, elevando a segurança da saúde da nossa gente. Em apenas alguns dias conseguimos acelerar o agendamento de um público de dez anos, mostrando rapidez e protegendo a população”, disse o prefeito Paulo Serra.
Em Santo André, a expectativa é vacinar 50% da população adulta até o fim do mês. Atualmente, o índice da cobertura vacinal para pessoas maiores de 18 anos é acima de 40%. O município informou ainda que segue monitorando a evolução da pandemia e se mantém estruturado, implantando novas estratégias para garantia a vacinação de toda a população.
 
Imprimir Indicar Comentar

« Voltar
Newsletter

Cadastre-se e receba periodicamente a nossa newsletter em seu e-mail

Atualize o seu navegador. Mais segurança para você.
Mais liberdade aos desenvolvedores.
BAIXE
AGORA
Fechar